quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

"Eis a grande maldição dos pensadores: Ser ouvido por muitos e compreendidos por ninguèm"

"Blogados", hoje vim aqui apenas para dividir com vocês algumas dúvidas/perguntas que movem mexem com meu cérebro desde que me conheço por gente:

  -Quem sou eu?  O que sou eu? (clássica!) .
  -Porque eu penso?
  -O que é a razão? Será que é esta mesmo a realidade?
  -O que é a verdade? O que é a mentira? (nunca percebo quando alguém mente!).
  -Porque se busca a felicidade? Ser feliz é pra conseguir o que?
  -Depois que se é feliz, o que acontece? (!!!)
  -O que é a liberdade? O que acontece quando se é livre?
  -Somos, ou nos tornamos humanos?
  -Como nasceu um triângulo (pode ser qualquer coisa já inventada)? Antes, em ideia? Ou esta veio depois de executada a forma?
  -Onde se guarda a música enquanto  não esta tocando?

E a mais complexa de todas:
  -Se, quanto mais evoluído o homem, mais procura sintetizar, abstrair e estabelecer princípios e leis para a existência de sua vida (FATO#). Então, como poderia Deus não ter leis absolutas para sua própria perfeição e veracidade?

2 comentários:

  1. A razão foi a grande maldição q Deus jogou no homem em sua criação ... é por ela q nos tornamos vaidosos, prepotentes, gananciosos, injustos, covardes, hipócritas, corruptos, venenoso e todas as mazelas mais. O pior: ainda nos julgamos absolutos por sermos racionais e não nos apercebemos q a causa de toda a nossa infelicidade está nesta absurda racionalidade.

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz. Exatamente...Pra que a ânsia de querer saber as respostas? Mal sabemos viver com as perguntas...

    ResponderExcluir