quarta-feira, 7 de março de 2012

AGRADECIMENTOS... [Rafael, o anjo]

Gostaria de agradecer a bancada evangélica por ter dado toda a notoriedade para a causa LGBTT.
Se não fosse vocês quererem barrar o dito “kit gay” ninguém teria discutido a importância de se discutir a sexualidade em suas amplas vivências no ambiente escolar. E não haveria a possibilidade de se fazer no espaço escolar tantas discussões sobre esta temática como as que foram feitas, inclusive, muitas organizadas pelos governos que vocês ‘apoiam’.
Se não fosse vocês usarem, propositalmente, a palavra casamento, as pessoas não teriam discutido que os homossexuais também tem direito a união civil estável como qualquer cidadão. E que muitos outros direitos são negados a esta parcela da população brasileira. E esta discussão não teria chego ao STF, de onde partiu a decisão que vocês tanto não queriam.
Vocês agora estão querendo legitimar a “cura gay” e abrem espaço pra se discutir que ser homossexual não é considerado doença há muito tempo. E que a religião não deve se meter nos poderes do Estado, pois Ele deve ser laico.
Vocês pregam o ódio aos gays e, ao fazerem isso, fazem com que as pessoas pensem e se perguntem “que tipo de religião cristã é essa que prega o ódio e não o amor?”. E também, nesta onda de questionamento, fazem com que a campanha para que as igrejas também paguem impostos e cresça cada vez mais.
Vocês incentivam a violência contra os homossexuais, e se calam quando ela acontece sob seus olhares, mas esquecem que uma grande parcela da população pensa e sabe fazer divulgar a verdade, então esta atitude de vocês faz com que a militância LGBTT se organize para exigir o cumprimento da lei, a punição aos violadores e aos que incentivam tamanha violência.
Por estes, e tantos outros motivos, agradeço a vocês por nos ajudarem em nossa causa. Tenho certeza que o nosso Cristo é o mesmo, o Jesus do amor incondicional. E sei que, por padrões que vocês mesmos criaram, não podem nos ajudar direta e abertamente então fazem “estas coisas” para que reajamos e assim acabam nos ajudando.
Obrigado Cristo, o irmão do amor, independente da forma, por iluminares os evangélicos.
Amém.
IRONIA: s.f. Tropo que consiste em dizer o contrário do que as palavras significam.
Zombaria, sarcasmo: ironia amarga.

2 comentários:

  1. Parabéns querido pela boa contextualização ... eu por mim não sigo, não creio e tenho repulsa a todos os tipos de religiões institucionalizadas ... tenho a minha fé e o meu Deus ... o AMOR incondicional ...

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Bratz. "tenho a minha fé e o meu Deus ... o AMOR incondicional ..."
    VOCÊ RESUMIU AS MINHAS PALAVRAS SOBRE RELIGIÃO...

    ResponderExcluir