terça-feira, 29 de maio de 2012

Isso só acontece comigo! [Parte 3]

Nível 1
Vendo Ludde preparar o almoço.


Mark:  -Viu Ludde, o que você vai fazer para o almoço?
Ludde: -Coisinha simples...
Uma hora depois.
Mark: -Pensei que era pra ser 'coisa simples'...
NÃO UMA POÇÃO MÁGICA!!!


Nível 2
Conversando com a [ex] namorada de meu irmão sobre seu projeto de urbanismo.

[Ex]Namorada: Ai, Mark, tô sem idéias para meu projeto. Preciso de alguém inteligente que possa me dar uma sugestão válida, conveniente, aplicável e possível  para meu projeto de urbanização moderna...
Mark: Olha querida, eu imagino uma rua megaultrasuper moderna, onde o chão seria de plasma e os muros seriam telas multi touch-screen. As flores, postes e demais detalhes seria hologramas na 9° dimensão... A gravidade seria diminuída para que todos 'voassem' pelas ruas...e...
 [Ex]Namorada-irritada: JÁ CHEGA!!! Que parte da 'sugestão válida, conveniente, aplicável e possível' você não entendeu?

domingo, 27 de maio de 2012

"Tudo que eu aprovo eu faço propaganda II"

O ativista militante de Movimentos LGBT, Elson G. Cyuwah e dono do blog Desmitificação de Gêneros Sexuais postou recentemente no Youtube, cinco videos mostrando um pouco sobre seu trabalho. 
" Tenho como objetivo revelar ou desconstruir conceitos relacionados a gêneros sexuais, tudo de uma forma dinâmica, direta e instrutiva. Sem mitos e sem lendas, como sempre deveria ter sido..." Diz Elson G. Cyuwah. 
Atualmente realiza palestras/oficinas com duração de 8 horas para professores em Curso de formação em parceria com APP-Sindicato do Paraná em seus diversos Núcleos Sindicais, com o tema "Gênero e Diversidade - Desmitificação de Gêneros Sexuais" - Revelando e Desconstruindo Conceitos de Gêneros Sexuais - sem Mitos e sem Lendas!

Veja neste link todos os videos: Entrevista com Elson G. Cyuwah
TELEFONE:             45 99180624      
TRABALHO: Gestor em Direitos Humanos

"De repente senti sua falta hoje" [Ontem e amanhã também!]

-Mudar o mundo e fazer a diferença. [Juntos!]

quinta-feira, 24 de maio de 2012

"As velhas e nostálgicas palavras de uma Dona Maria!"



Quando eu nasci minha mãe me disse:

 - Filho, quando você crescer vai ser um homem muito rico...


E até hoje nada!

quarta-feira, 23 de maio de 2012

"Sei o valor que tem dizer o verdadeiro nome de quem a gente ama incondicionalmente"


Habito... Não sei se a palavra certa é esta, mas parece que nossos destinos estão sempre se cruzando.
Não ligue se eu devanear... Mas em meus pensamentos a nossa vida esta se cruzando... Mostrando quer seja aqui, ou ai, ou em qualquer outro lugar que me encontrarei ou eu a sua espera ou você a minha espera... Ou indo junto para outro lugar!  Vendo você em cada momento por onde passo e imaginar que você sempre estará onde quer que eu vá! Carrego você em meu coração. Sinto você como parte de mim. É um sentimento de querer  ter você sempre...  Tudo isso me faz pensar nestas possibilidade de te encontrar a todo momento... Em cada cidade e esquina, pois você esta em meus pensamentos a todo momento!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

"Eu vivo há muito tempo, e ainda questiono minha existência. "

Guardado no peito... Escancarado, sorriso largo. Jeito matreiro de ser. Vagabundagem, libertinagem! Não ter nada pra fazer. Dormir ao relento.Ter como companhia a lua, ser filho do sol. Despir da alma toda injúria,toda maldade.Correr nu pelo campo e gritar até perder a voz. Rugir como leão, ser manso e deitar. Ando preocupado com minha eternidade...As atribulações são tantas que temo passar por ela sem notar que estou nela. Deixar de existir é assustador! Ser eterno é mais ainda aterrador.O que fazer numa eternidade? O que não fazer se eu deixar de existir? Questiono hoje minha existência! Mero encontro ao acaso de duas células? Fruto de   vários processos biológicos? Ou um processo espiritual, um desígnio divino? Um plano de um Deus?  Com todas estas questões, ainda questiono a minha existência.  Será que não é ilusão? E se eu estiver vivendo o sonho de alguém? Que existência !!!
[N.P.S]


quarta-feira, 16 de maio de 2012

Faça o que precisa ser feito.Antes que seja tarde...


"É claro que as pessoas precisam de uma outra que as completem.
O vento que sopra em uma delas também vem soprar na outra"

Na sacada da casa de Gabriel - sim, um anjo em minha vida!,- tinhamos uma vista maravilhosa.
Um entardecer com um Sol nostálgico, pondo-se no horizonte, escondendo-se atrás de todas as montanhas ao longe - a cidade que Gabriel mora é rodeada de morros e montanhas criando um visual lindo e peculiar.
Gabriel tinha um olhar angelical atrás de seus óculos.
  -Meu amigo Gabriel que bom te ver assim tão feliz!
  -Feliz Mark ? Estou plenamente, mágicamente feliz por você vir me visitar numa data tão especial assim...Mark seu maluco -(insistem em me chamar de maluco ou doido!), você entrou no meu círculo de amizade e de certa forma, não sei bem certo a qual, me fez aceitar que mesmo não sendo perfeito eu sou feliz e posso fazer as pessoas felizes...Obrigado!
Olhando um para o rosto do outro, apoiamos nossos braços sob a beira da sacada e continuamos a ver o Sol sumir devagarinho na linha do horizonte.
Desviei o olhar, ele riu e eu também! Fui surpreendido repentinamente: Uma lágrima caiu silenciosa sobre a face de Gabriel. Agora com uma aparência não tão feliz assim.
  -Mark, me abraça meu amigo...
  -Não seu maluco! Alguém pode nos ver aqui na sacada.
  -E daí ? Eu sou gay assumido e você nem é daqui desta cidade. Meu amigo preciso somente de um abraço confortavel que me traga segurança...
O rosto de Gabriel já estava todo molhado de lágrimas.
Abracei-o. Ele suspirou. Tentou pronunciar algumas palavras, mas era impossivel entendê-las.
  -Mark, eu fiz tanta coisa em minha vida.Não me arrependo de nada. Errei e aprendi, caí e levantei. Posso me considerar um cara feliz. Porém existe uma coisa que me persegue, que não me deixa eu ser plenamente feliz.
  -Gabriel, se quiser compartilhar comigo eu estou para ouvi-lo. Amigos são principalmente para estes momentos!
  -Nunca falei sobre minha orientação sexual com minha mãe -Gabriel tirou os óculos e tentava enxugar as lágrimas do rosto- eu sei que ela sabia sobre mim, sempre fui covarde e nunca falei abertamente sobre isso, mesmo eu sabendo que ela me amava e me aceitaria como eu sou realmente.
Minha mãe era a única pessoa que fazia me sentir seguro e confortável no mundo.
Gabriel abaixou a cabeça, colocou a mão sobre o rosto e continuou:
  -Ela fazia um cafuné em minha cabeça e eu me sentia preparado para todas as decisões que eu precisava tomar.Minha mãe era a melhor do mundo, eu deitava na cama dela e achava a cama mais cheirosa do mundo !
Gabriel levantou a cabeça, enxugou os óculos - agora também molhados-, olhou pra mim colocou a mão sobre meu rosto, acariciando-o:
  -Rapaz, rapaz! Num sei porque mas você se parece muito com ela!
Não queria quebrar aquele momento mágico, então coloquei a minha mão sobre a dele:
  -Mas Gabriel, o que está esperando homem ? Esta é sua chance, este é seu momento.Liga pra ela e diz o que você quer dizer de verdade...
  -Não dà Mark!
Gabriel fechou os olhos, as lágrimas cairam novamente.
  -Por quê ?
  -Ela morreu!
Ele chorou alto, me abraçou e apertou.
  -Meu amigo, ela morreu!
O silêncio de um anoitecer anedônico calou a voz de minha alma.

terça-feira, 15 de maio de 2012

"QUANDO VOCÊ PENSAR [E AGIR] CERTO, ENCONTRARAS O QUE PROCURAS [ E O QUE QUERES]".

"Um dia, uma pessoa, ao ler minhas estórias disse:
- Que lindas estórias! E eu fiquei triste, porque nunca vivi nenhuma delas. Então, num belo dia, resolvi vivencia-las... Encontrei a felicidade! QUANDO VOCÊ PENSAR [E AGIR] CERTO, ENCONTRARAS O QUE PROCURAS [ E O QUE QUERES]".
 [Á meu amigo W. F. B., que morreu antes de viver].