segunda-feira, 30 de setembro de 2013

"(A)riscando Poesias Sem Sentido"

Olá leitores gatomaníacos, não sou bom em poesia (prefiro contos e estórias), mas hoje resolvi arriscar;
Quando tempo dura o "para sempre?"

"No meu belo mundo,
Flutuando como uma pena
Você é como um anjo.
Eu não me importo se doesse quando eu tocasse suas asas,
Eu só queria uma alma perfeita, assim como você
Então, eu poderia ficar bem perto de você todo o sempre.
E criar um universo só meu.
No meu universo perfeito, viveríamos só eu e você!
E você sempre seria minha inspiração,
Minha musa. Minha deusa, minha anja!
Eu só quero que você percebesse eu não quero ser clichê.
Quero o que te faça feliz,
E que seja o que você quiser.
Eu queria ser especial mesmo, assim como um anjo.
Porque, você é tão especial. Ah, passei noites em claro pensando em você!
Se você não me quiser, por favor, não me responda nada.
Prefiro nunca falar de meu amor por você e sofrer calado.
Apenas prometa-me. Prometa-me que você vai estar aqui no mesmo lugar todos os dias para eu te observar escondido. Amanhã e depois, ou o resto de minha inútil vida.
Já pensou se você me amasse tanto quanto eu te amo?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário