segunda-feira, 16 de setembro de 2013

" O anjo que virou gente..."

["Confissões de um anjo, o Gabriel. Um anjo que virou gente..."]

"Esta manhã acordei tranquilamente, e posso dizer que estou feliz e orgulhoso comigo mesmo. Fiz a minha parte, cumpri minha missão e, o melhor, resisti a tentação. Um antigo amigo precisava conversar. Convidei-o para ir a minha casa. Não nego que, inicialmente, tinha outras intenções. Ele chegou e eu pensando em como iria 'dar o bote'. Conforme ele foi falando, contando sua história e desabafando, a minha mente começou a mudar de pensamento, mudar de objetivo. A conversa fluiu, foi longa. Eu observando e ele falando, falando... Vimos fotos e nisso ficamos mais perto fisicamente. O desejo, a libido bateu a porta. A conversa prosseguiu e eu percebi que o nó na garganta se formara e ele queria e precisava colocar pra fora, mas travara e não se permitia chorar. Num rompante, peguei umas almofadas, coloquei no colo e o puxei para que deitasse no meu colo. E nisso, a emoção rompeu as barreiras e materializou-se em lágrimas. Conselhos, orientações, inspirações foram surgindo e a presença dos anjos de luz fez-se sentir. A tranquilidade, o conforto, a força e a paz dos seres iluminados estavam ali e nos abençoaram, nos energizaram. Lá fora a chuva tornou-se mais forte. Convidei-o para pernoitar ali aqui em casa. Convite aceito. Fomos dormir, dividimos a cama de casal que há em meu quarto, eu vesti-me com o pijama e ele, como não veio preparado para o pouso, tirou a roupa e ficou só de cueca (boxer vermelha). Deitamos na cama, cada um no seu lado. Agora, imagine a cena: Aquele corpo belo, insinuante, sensual, charmoso, provavelmente muito gostoso... Corpo que muitas pessoas, homens e mulheres, gostariam de ter a disposição, algumas até pagariam para tê-lo. E eu ali... Com o corpo tentador ao alcance das mãos... Na mesma cama... Adormecido... Tentador... Mas, era um amigo que, naquele momento, estava sob minha guarida. Controlei-me... Por incrível que pareça e reconheço que não foi fácil. Mesmo acordando varias vezes durante a noite e observando aquele corpo ali... Minha determinação estava fortalecida e eu resisti a tentação. Fico feliz por comprovar minha força! Amizade é algo muito importante para mim! Há tempos que tenho para mim esta regra básica e elementar: 'prefiro manter e cultivar uma amizade, do que ter uma noite de prazer'Missão cumprida! E eu saio feliz comigo mesmo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário