quinta-feira, 28 de novembro de 2013

"Ele era tudo, e um dia depois de tanta dor, decidiu permitir-se..."

Das crônicas "Viagens de Um Menino Voador":

Cap. 1: Carta de Um Menino Morto À Sua Amada

Mesmo depois de morto, o menino queria amar. E no caos de sua alma, sentindo tanta dor ele quis rabiscar algumas palavras que um dia havia prometido nunca mais dizer á ninguém. Ele fechou os olhos, e rabiscou no ar: "Quando te conheci houve: Um lugar, um tempo e um sentimento. O tempo ficou marcado, o lugar será lembrado, e o sentimento jamais apagado..." 
O menino havia morrido há muito tempo, mas naquele momento sentira seu coração batendo. Continuou deitado no além e olhando para o azul dos céus e escrevendo a sua declaração: "Você é tudo para mim. Minha princesa, não sabe quanto fico feliz por você ter entrado na minha vida. Já agradeci e sempre continuarei a agradecer a Deus, por ter me enviado um anjo para mim. Um anjo que mesmo não tendo visto todo o seu brilho desde o início soube cultivar o meu coração, que no momento estava machucado. Mas você o curou e agora está pulsando loucamente por ti. Você me trouxe de volta o sorriso nos lábios e a vontade de ultrapassar todas as barreiras. Com seu carinho e seu jeito meigo, rejuvenesceu-me, tornando-me assim criança novamente, pois trouxe de volta a vontade de sonhar. Sonhar que ficaremos juntos para o resto de nossas vidas e no outro mundo nossas almas ficarão eternamente juntas. És meu tesouro infinito, a mais linda pedra que já vi. Eu sou um privilegiado, por ter te conhecido e por ter te conquistado. Pode ter certeza que saberei cuidar bem do seu coração, como tenho que você cuidará bem do meu. Nossas vidas se cruzaram e nunca mais se desligarão. Te amo demais minha linda princesa. Mas não é amor que muitos dizem, mas na verdade quando muito é paixão. O que sinto é algo suave, tranqüilo, nada arrebatador como a paixão normalmente é, mas que dura tão pouco tempo. Já te disse e repito, você é a mulher que quero para minha vida, e espero que eu possa ser o homem que você quer para sua vida. Te amo cada vez mais!" 
O menino, mesmo morto, ficou enviando beijos e abraços todos os dias esperando que sua amada os receba e os mande de volta.