quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

"Tenho amigos maravilhosos!"

Então, meus amigos e eu estávamos conversando sobre os nossos melhores amigos e o que, exatamente, faz uma pessoa se tornar nosso melhor amigo. E eu percebi que não tenho um só, mas muitos. E isso não é ruim, é maravilhoso. Por este motivo, é com muito carinho  que venho agradecer  a todos  por cada mensagem, por cada palavra, por cada gesto, por cada presente, enfim, a todos que carinhosamente  gastam um tempinho do seu dia pra entrar em minha vida. Sou muito feliz mesmo. Obrigado aos que ligam e aos que esquecem, ás vezes! Aos que se atrasam para os nossos jantares. Aos que falam comigo online. Aos que escutam minhas piadinhas e riem (mesmo eu sabendo que estão rindo de mim!). Aos que ficam até madrugada instalando as luzes e dançam minhas músicas. Aos que acham uma loucura tudo o que eu falo, mas fingem estar interessados e escutam até o final. Aos que nem conheço pessoalmente, mas se preocupam em como estou. Aos que tomam banho de chuva, só pra me mostrar uma visão maravilhosa do mundo. Aos que tomam aquela cervejinha na sorveteria, come uma batata frita e fala sobre jogos online. Aos que eu menti, critiquei, fiz sofrer, e hoje são as pessoas que mais me fizeram crescer. Aos que me foram espelho de vida. E principalmente aqueles pra quem fui espelho, pois foi assim que percebi que sou importante para alguém e consigo fazer diferença nas suas vidas. Aos que me amaram, mas que por algum motivo, não pude ama-las. Aos que me libertaram dos meus preconceitos internos. Aos que eu peço pra fazer uma coisa por mim e eles nem me questionam o porque. Aos que me fazer rir no meio da rua, com um carro a nos atropelar, e cantando uma música sobre assalto! Aos que acreditam em mim quando digo que vou ficar acordado até o final do filme (e nunca fico!).
Sou uma pessoa muito feliz, feliz mesmo. Pois tenho pessoas maravilhosas que me cercam.  Uns bem perto. Uns longe. Outros bem longe. Mas não importa a distância, e sim o carinho.

"Existem pessoas que transformam o Sol numa simples mancha amarela.
Mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela, o próprio Sol."

O meu maior desejo, é poder transformar as manchas amarelas da vida daqueles de quem amo, no Sol mais lindo que possa existir… Obrigado a todos pelo carinho.

sábado, 7 de dezembro de 2013

"O sofrimento e o silêncio de um anjo."

Faz dias que eu não converso com meu anjo, mas hoje ele entrou em contato comigo e para minha surpresa chorei muito ao ler a sua carta. Foi uma mistura de tudo que eu estava sentindo naquele momento que me fez cair em prantos. Repentinamente senti uma dor terrível na alma, e a cada linha que eu lia da carta descobria que meu anjo era tão frágil quanto eu e que precisava de cuidados urgentemente.

De: o Anjo Gabriel
Para: amigo Mark, o gato preto.

"DESABAFO...
Porque sorrir dói tanto? Quem diria que um sorriso iria doer tanto assim. Dói... e muito... E dói mais ainda por saber que a maior parte da culpa é minha. Eu estou causando minha própria dor. E por quê?Porque sou fraco demais. Porque eu não consigo quebrar os grilhões que eu mesmo me impus. Eu criei este papel, este personagem. O alegre, o extrovertido, o brincalhão, o que faz isso e aquilo, o que pode tudo, que tudo consegue... o feliz... Mentira! Eu preciso de ajuda... Não sei bem porque, mas eu travei minhas próprias emoções... eu não me permito sentir... E isso está me matando por dentro... E eu sinto que a represa está prestes a romper, a barreira vai estourar e eu não vou aguentar... Eu prendo, eu reprimo minhas emoções. Eu sinto mas não externalizo, não demonstro e sei que uma hora ocorrerá a explosão... Sei que esta hora se aproxima e eu não consigo mudar isso. Eu invejo quem vive livre, realmente alegre... como se diz: “livre, leve e solto”. Invejo sim, mas por que eu não consigo. E me pergunto porque não consigo ser assim. Como eu me prendi de tal maneira que nem eu mesmo sei. Até penso em desabafar, contar, falar... Mas aí virão as perguntas que eu não tenho estrutura para responder ou para aceitar as respostas. Meu coração grita, o corpo treme... E eu sorrio...
Deus meu, o que eu fiz comigo mesmo?"

Ainda não sei como ajudar meu anjo protetor. Estou desesperado. Estou fraco!